Martin Mulpas – Limoges / França

SE deixarmos nossas vidas serem guiadas por uma inteligência superior, e em relação nossa própria contribuição para este mundo? Nossa singularidade não é especificamente nossa personalidade, induzida através de meios da nossa inteligência?

Como chamamos nossa personalidade ou o que percebemos como pessoal não é nada mais que o reflexo da nossa essência. Deixando de lado todas as facetas da nossa personalidade, nossa essência aparece automaticamente. Não dando mais importância ao que chamamos de personalidade, voluntariamente aceitamos ser guiados interiormente por uma inteligência muito mais superior que a nossa; uma jornada que é única para cada um de nós.

About Alex Mero

Author of "Legend of a Nomad" and soon to come, "The Lucid Voice". Novels based on spirituality and philosophy, written in a fictional setting
This entry was posted in Blog / Português and tagged , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *